quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Donas do Prazer


Segundo o relatório de Kinsey* as mulheres são mais criativas na prática do prazer solitário do que os homens, e se masturbam com mais frequência quando estão vivendo um relacionamento estável. Elas masturbam melhor e 60% delas alegam que descobriram sozinhas, contra 25% dos homens.


*Famoso relatório sobre a sexualidade humana, feito por Alfred Charles Kinsey, publicado pela 1ª vez em 1948 e cujo conteúdo causou grande polémica nos EUA.

2 comentários:

Pedaços de Tempo disse...

Viva Sisi,

Sendo certo que, de uma forma geral as mulheres apresentam uma maior sensibilidade nesse campo e, consequentemente, uma maior criatividade. Contudo, um relatório que data de 1948 certamente que já estará em boa parte obsoleto. Penso que desde então, a atitude comportamental do homem nesse campo também se alterou.

Acredito que ainda hoje a criatividade da mulher nesse campo possa continuar a ser superior. Mas, certamente que já não será nas mesmas percentagens.

Para além disso, era fundamental saber qual foi a amostragem que Alfred Charles Kinsey utilizou na elaboração do seu relatório. Pois, na minha opinião pessoal, esse dados estatísticos certamente que variam muito consoante a cultura e religião das pessoas e, de continente para continente.

Contudo, não deixa de ser indicador interessante.

Bjs,
CR/de

Sisi disse...

Oi CR!
Tens toda a razão, é claro que se formos fazer um estudo actual os resultados não serão os mesmos. Contudo, acho que irão na mesma direcção.
Penso que o mais interessante deste resultado é contextualiza-lo na época em que foi feita - onde havia todo um pudor a volta da masturbação, principalmente a feminina - daí que fiz questão de colocar a data da publicação do relatório em nota.

Abraço e thanks pela visita!